sexta-feira, 7 de novembro de 2008

O amor é um lugar estranho


Já há alguns dias que não vinha ao meu blogue...
Já há alguns dias que passava pelo fórum da APF a correr...e sem deixar comentários...
Passei por um período bastante estranho. Sentia-me completamente deprimida. Sem vontade para nada...Sentia que o maridão andava afastado...Mas na verdade era eu que estava a contribuir para esse afastamento...
Por vezes, sem notarmos, somos nós que minamos o amor. Que lhes pomos entraves. Um mal-entendido a matutar na minha cabeça...outro na dele...E o coração a ficar cada vez mais triste...Foi preciso uma discussão...E depois uma conversa...O amor estava lá, à mesma à nossa espera. Ansioso para que abrissemos os braços e o voltassemos a receber entre nós.
Foi o que fizemos...é o que temos feito...
O beijo que lhe dei hoje voltou a ter o mesmo sabor de quando o beijei há 6 anos atrás.
O Mr. Red voltou a bater à porta. Atrasou-se uns dias...encheu-nos de esperança. E a queda foi grande...enorme...Estava difícil levantar-me...Não me apetecia nada...nem ninguem. Não queria saber de fertilidades, nem de infertilidades...Só queria desaparecer...
Uma vez mais, foi o maridão que ajudou a traçar o nosso rumo: marcar consulta para Dezembro...continuar nas "agulhas" (das quais eu já dizia que ia desistir) e agora a vitamina E 1000...
Entretanto, a adopção voltou a espreitar em cima do nosso ombro...como que a dizer...há um bebé já ai à vossa espera...há uma criança prontinha para vos abraçar...Ainda não conseguimos amadurece-la o suficiente...mas já está a passar dos nossos pensamentos para o nosso coração...
É preciso é haver amor...E nós temos amor...portanto o filho vai chegar...
O amor é um lugar estranho, mas onde eu adoro viver.

14 comentários:

Li disse...

Recebeste um prémio...vai ao meu blogue:)
Bjinhossss

Angel disse...

Ainda bem que conversaram. nada melhor ;)
Amiguinha querida ñ fiques triste ta? Vai haver um dia que esse maldito ñ vai aparecer.
Entretanto tenta alegrar-te, tomar gosto pela vida, acho que isso tn nos ajuda a levar ao Positivo tão desejado ;)
É o que tenho tentado fazer há dias :)
Bjs e bom fim semana

Dalila disse...

Amiga, esse é o maior sentimento humano, a maior preciosidade, o motivo de levantarmos todos os dias e encararmos nossos desafios, nossos percalços, nossas quedas.
O amor nos traz razão para viver. Que bom que seu amor está ao seu lado.
Um dia, a família ficará completa e esse amor poderá ser também compartilhado por seus filhos.
um dia amiga.
mil beijos, força.

Drikas disse...

Minha querida, consegui ver-me nas tuas palavras... Há dias em que tudo isto parece impossivel de suportar, mas depois levantamos a cabeça e continuamos a batalha, tem que ser, não teremos nunca coragem de desistir deste sonho. O nosso maior sonho, e com amor tudo se consegue ;)

Bjokinhas e um Xi-coração mto apertado

Lina disse...

Olá. Afinal há muitas mais a sentir o que eu sinto! Como é desesperante ver que ainda não conseguimos obter o que perseguimos à tanto tempo!!!
Ainda assim consigo encontrar força e muita esperança nas tuas palavras. Aquela força e esperança que tb eu gostava de conseguir sentir. Mas por vezes o único sentimento que consigo ter é: Desilusão!!
bjokas

Maruja disse...

Li,
Obrigada...é a primeira vez que recebo um prémio ;)
Beijinhos

Maruja disse...

Olá Angel,
Felizmente consegui subir o astral. Neste momento andamos que nem um casalinho de pombinhos e para além disso tenho procurado dedicar-me as coisas que gosto.
Beijocas

Maruja disse...

Olá Dalila,
Obrigada pela força. De facto sou uma grande privilegiada, pois encontrei um grande amor e sei que muita gente sofre por ainda não ter um companheiro ou companheira para a vida. O filhote há-de chegar. Estou mais serena :)

Maruja disse...

Querida Drikas,
Às vezes penso que este desespero é apenas meu...mas depois vou passando de blogue em blogue...de fórum em fórum e chego à conclusão que é comum a todas nós - pelo menos em alguma fase do nosso percurso. A tua força e das outras meninas ajuda-me a olhar para o futuro. Obrigada ;)

Maruja disse...

Olá Lina,
Pois é, este mundo virtual proporciona-nos tantas benesses. Quando estamos muito em baixo, aparece sempre alguém para nos tirar lá do fundo e vice-versa. E isso é fantástico.
Beijocas

Drikas disse...

"Não importa...
Não importa a natureza de um obstáculo; importa a determinação para superá-lo.
Não importa a dimensão do caminho a ser percorrido; mas sim a vontade sincera de percorrê-lo.
Não importa se a luta será solitária; o que importa é saber que a vitória depende acima de tudo de nossa vontade de alcançá-la.
Não importa se um sonho parecer utopia; o que importa é acreditar que sonhos, por mais fantásticos que possam ser, serão sempre o embrião das grandes realizações.
Não importa se for preciso recomeçar muitas vezes; o que importa é ter a coragem de nunca desistir, de crer que cada recomeço não representa uma derrota, mas sim a oportunidade que nos é dada para superar nossas próprias limitações."

Bjokinhas,

Angel disse...

Bjs amiga e continua assim ;)

Su disse...

Olá Maruja, tenho visitado do teu cantinho com alguma regularidade e hoje resolvi sair do anonimato.
Esta semana também a passei angustiada pois passou mais um mês...e...nenhuma estrelinha!
Quando se tem um grande Amor conseguimos independentemente do caminho regressar e voltar para ele! A parte bonita desta luta é que não é solitária, é partilhada e quer queiramos, com estas pequeninas derrotas vamos consolidando e fortalecendo o nosso Amor:)
jinhos cheios de força

Maruja disse...

Olá Su,
Fizeste bem em sair do anonimato. É optimo sentir que temos alguém do outro lado o ecrã, que nos "ouve" e que nos "responde".
Beijocas